Telas de Apresentação

Telas de Apresentação


Clique nas imagens para ampliar

Nesta tela vê-se os 3 eixos, greide, geométrico e seções. Os 3 desenhos estão sincronizados: ao se passar o mouse sobre uma estaca de terreno no projeto geométrico ou no greide o desenho da s seções é imediatamente atualizado com aquela seção. Além de possibilitar a visualização dos 3 eixos o programa Vias Urbanas & Estradas permite que sejam feitas alterações no greide e o desenho da seção será atualizados imediatamente. O cálculo de volumes pode ser solicitado a qualquer momento.

Exemplo de um trecho triangulado com a triangulação de Delaunay. O princípio básico deste modo de triangulação é que dentro da circunferência que inscreve qualquer triangulo da superfície não pode haver outro ponto pertencente à superfície.

Exemplo do mesmo trecho triangulado com a triangulação de Gabriel. O princípio básico desta triangulação é que dentro da circunferência cujo diâmetro é uma aresta da triangulação não pode haver outro ponto pertencente à triangulação. Neste modo de triangulação são inseridos pontos na superfície de modo que o princípio da triangulação seja respeitado. Observe a quantidade de pontos inseridos!

Diálogo para cálculo da triangulação. Existem 4 tipos de triangulação possíveis: Triangulação de Delaunay, Triangulação de Delaunay forçada, de Delaunay com restrições e Triangulação de Gabriel. As curvas de nível podem ser interpoladas em equidistancias que podem variar de 0,1 a 500 metros, inclusive com valores fracionários

Nesta tela pode-se desenvolver todo o projeto geométrico. Com um simples click do mouse pode-se inserir, editar, mover ou remover curvas. Nestas operações o recálculo é feito automaticamente colocando os novos dados imediatamente à disposição do projetista. Ao se passar o mouse sobre qualquer ponto, terreno, projeto, seções ou curvas de nível seus dados são mostrados imediatamente. Há 4 tipos de triangulação possíveis e as curvas de nível são geradas a partir da triangulação escolhida, como também podem ser interpoladas a qualquer equidistância (a partir de 10cm). O desenho permite a visualização de qualquer dado inclusive da triangulação. Pode-se também visualizar as seções simultaneamente e o desenho das seções é sincronizado como o desenho do projeto geométrico: ao se passar o mouse sobre uma seção ela será imediatamente visualizada. O programa Vias Urbanas & Estradas ainda permite que as seções-tipo, taludes, alargamentos, sargetas e passeios variem ao longo do trecho e possam ser compostos por qualquer quantidade de pontos, essa é uma característica muito importante que dá muita flexibilidade ao projeto.

Ao se clicar sobre um PI pode-se movê-lo com o mouse, basta escolher uma nova posição e clicar novamente nesta posição, bem simples!

Clique no PI desejado.

Mova o mouse. O PI acompanhará os movimentos do mouse. Ao se encontrar a posição desejada basta um novo clique para fixar o PI nesta posição.

Este diálogo altera qualquer dado da curva. Para se criar uma curva com transição basta chamá-lo e inserir os dados da transição, LC, SE e SL.'

Para inserir uma curva bastam 3 clicks. Clique em qualquer tangente e uma curva com valores pré determinados será criada neste local.

Um click duplo em qualquer tangente insere uma curva naquele local e, ao se continuar movendo o mouse, pode-se posicioná-la em qualquer ponto.

Curva inserida. É criada uma curva com raio padrão no ponto clicado. O raio da curva pode ser ajustado dinamicamente. Basta clicar no centro da curva e movê-lo para baixo ou para cima, alterando ou diminuindo o raio da curva. Esta propriedade é de grande valor quando tem-se que ajustar o projeto a curvas existentes.

Os acidentes topográficos como cristas e pés de barranco, edificações, ponte ou túneis, por exemplo podem ser inseridos facilmente no desenho e são exportados para o autocad, através de arquivos DXF. Os acidentes topográficos do tipo cristas e pés, forçam arestas na triangulação, e como resultado obtem-se no projeto, uma cópia fiel do terreno.

Para exemplificar nesta figura o bordo da estrada bem como o pé do barranco não estão definidos. Observe que as curvas de nível não fazem muito sentido e estão longe da realidade, que pode ser vista na próxima figura.

Nesta figura o bordo da estrada bem como o pé do barranco foram inseridos. Observe que o barranco está bem definido e que o desenho representa a realidade do terreno.

Nesta tela pode-se editar qualquer seção. Pode-se inserir remover ou editar qualquer ponto de terreno ou pontos de projeto que estejam fora da pista de rolamento. As seções que estiverem incompletas, sem off-sets em 1 ou nos 2 lados podem ser imediatamente corrigidas sem a necessidade de recálculo do projeto geométrico ou da superfície. Pode-se também solicitar o cálculo dos off-sets ou dos volumes a qualquer momento. O programa Vias Urbanas & Estradas permite a inclusão de sargetas, passeios e alargamentos e essa inclusão não é feita por seçções predefinidas: o programa solicita apenas os pontos (x e y) que os definem, deste modo, pode-se criar qualquer seção tipo com qualquer número de pontos e estas seções podem variar ao longo do trecho!

Nesta seção o off-set esquerdo não está calculado devido a insuficiência de pontos. Este problema é resolvido com apenas 3 clicks...

Primeiro e segundo click (Click duplo): Insere-se o ponto extra.

Terceiro click: solicita-se o cálculo dos off-sets (F5) e pronto!

Nesta tela pode-se desenvolver todo o projeto do greide. Com um click do mouse pode-se inserir, remover ou editar qualquer PIV. Ao passar o mouse sobre qualquer ponto seus dados são automaticamente visualizados. Como no projeto geométrico, pode-se visualizar as seções, que estão sincronizadas como o perfil longitudinal: ao se passar o mouse sobre um ponto de terreno, a seção tranversal é imediatamente visualizada e ao se mover um PIV a seção que estiver sendo visualizada é atualizada, refletindo automaticamente a alteração no greide. A seção que estiver sendo visualizada pode ser editada para ajustes de off-sets ou taludes, por exemplo.

Esta tela exemplifica o processo de alteração do greide, observe que o desenho da seção foi automaticamente atualizado! ( os off-sets foram recalculados simultâneamente com a alteração do greide)

Esta tela mostra o diálogo de edição do PIV que permite que ele seja precisamente colocado em qualquer ponto. Outro deltalhe muito importante no projeto do greide é o ensaio dinâmico das parábolas: ao se clicar em um PCV ou PTV pode-se alterá-lo dinamicamente, movendo o mouse para a esquerda ou para a direita. Nesta operação a parábola é automaticamente redesenhada , permitindo que se defina rapidamente um parábola muito melhor ajustada ao perfil do terreno existente.

Nesta tela vê-se uma seção tipo com canteiro central, pista dupla e passeio

Basta um clique e a fronteira é gerada automaticamente!

O geométrico, as seções e o greide podem ser exportados para o AutoCad, através de arquivos DXF. Todos os detalhes de todos do desenho são exportados e cada tipo de detalhe está em um layer diferente para facilitar sua visualização e a edição.